Sobre

Sonekka criou esta Rede do Ning.

Anuncie sua arte ou seu produto conosco - Apenas R$ 60,00/mês c/foto de 180px e Link. Consulte-nos agencia@trampo.com.br

Katya Chamma-DF

Suzete Dutra, tecladista,cantora e compositora

Marcos Vampa - Produtor - Consulte!

Publicamos seu CD em dezenas de lojas digitais por uma taxa única.

RÁDIO CAIUBI - Beta 1

Amigos de Sílvia Mota

  • RAYO FRANCIS
  • Marcia Portella
  • Alvaro Sertano
  • Marcel Powell
  • Sociedade Mundial dos Poetas
  • Cesar Carvalho
  • Kedma Oliver
  • Sueli Fajardo
  • VIVIANE SCHILLER BALAU
  • Charles Christie
  • Lia Helena Giannechini
  • jairo ferreira de matos
  • ana oliveira
  • Deomídio Neves de Macêdo Neto
  • Karl Marx

Presentes recebidos

Presente

Sílvia Mota ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Sílvia Mota

Informações do Perfil

Como toda rede que se preze, temos NORMAS DE CONDUTA. Por favor, leia. Se estiver de acordo , basta prosseguir o cadastro. http://clubecaiubi.ning.com/page/regras-de-conduta :concorda?
SIM
Cidade/UF
Rio de Janeiro

PAZ NO MUNDO!






sonho encantado


armas destruídas
luz através da janela
vidas sem ruínas...

sonho de um mundo melhor
canto de amor e de paz!



Sou a criadora da PEAPAZ




- "De todos os meus medos a bruxa mais malvada sou eu" -




Kheiron! Centauro virtuoso, amigo do saber,
que alforriaste Prometeu às garras do inferno,
alçaste aos céus e ali eternizaste sonhos,
entre estrelas, na Constelação de Sagitário!

Surjo dessa lírica e sutil nebulosa,
navegante dos oceanos do céu
e sibilo a flecha do conhecimento,
nua em pelo e em sons à poeira divina!

E é nesse ser meio humano e animal,
que me desfaço em dualidade poética
e reconheço meu eu, a soluçar
o tesão dorido de uma cavalgada ao léu!

Arrebento em fúria os botões do abismo
e liberto os bicos róseos do meu paraíso
ao sabor da Via Láctea, que, insana e lésbica,
suga-me os seios, sem pedir licença!

Meu leite jorra esquizofrenicamente
e, ao jorrar, fadas e demônios alimenta;
homens e mulheres sacia, para, ao depois,
perder-se na fluidez do pensamento!

Kheiron! Lanço-me à poeira das conchas estelares,
a permitir-te estupro em amarras vermelhas!
Arreganho-me ao pisotear das patas mitológicas,
cujas bocas ensandecidas devoram meu corpo!

À iniquidade santa do meu verbo, danças feliz
e vertes sêmen ao embalo das minhas pernas!
Preciso arfar na imortalidade deusa que perdeste
ao desejo de humanidade frágil e pecadora!

À força do teu arco empeçonhado, busco a verdade
e, magnânima, sou teu manto, sem jamais ser tua!
O feitiço das minhas veias é a teia do teu prazer
e, sem piedade, a agrura eterna da tua traição!

Sou mulher e cavalo; sei cavalgar-te, fêmea!
Sou cavalo e mulher; sei atiçar meu homem!
De quatro restarei aos teus desejos loucos,
se endeusares o som da minha boca no teu estro armado!

*******************************



Mini Curriculum Vitae et Studiorum


Em 1951, do amor gerado ao som inigualável do piston de Geraldo Sílvia Mota e à escrita dos versos incandescentes de Mariinha Mota, em Piquete, interior de São Paulo, pequenina cidade encravada aos pés da Serra Mantiqueira, nasce SÍLVIA MOTA. Aos 18 anos parte para o Rio de Janeiro com a finalidade de cumprir seus estudos, e, aos 28 anos de idade casa-se com Arnóbio Felinto, com o qual tem três filhos: Arnóbio, Gabriel e Rafael.

Expressa-se no mundo das Belas Artes Belas através da música, poesia e pintura. Na adolescência consagra-se declamadora e vence alguns concursos de literatura no Vale do Paraíba; estuda acordeon no Conservatório Musical Santa Cecília, em Lorena (1969) e, mais tarde, consolida linguagem pictórica no Núcleo de Aprofundamento em Pintura do Parque Lage, no Rio de Janeiro (1994).

Nomeada Embaixador Universal da Paz pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz - Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix - France & Genève Suisse, em 16 de novembro de 2009, exerce a função de Cônsul dos Poetas Del Mundo para Cabo Frio. Humanista, há vinte e seis anos pratica o Budismo de Nitiren Daishonin, sob o desafio de contribuir para a concretização da Paz Mundial. É Medalha do Mérito Cultural Fluminense de Belas Artes, Escritora associada à Rede de Escritoras Brasileiras (REBRA), Membro Efetivo da Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores (AVSPE) e Membro Efetivo da Academia Virtual Brasileira de Letras (AVBL).

Não obstante possua Tese aprovada por unanimidade em Exame de Qualificação ocorrido no dia 15 de junho de 2005, na UGF-RJ, por motivo de força maior, interrompe o Curso de Doutorado naquele mesmo ano. É Mestre em Direito Civil pela UERJ, graduada em Direito pela UCAM-Ipanema, professora palestrante da EMERJ-RJ e professora em cursos de graduação e pós-graduação. Membro da Sociedade Brasileira de Bioética.

Publicou a obra Trabalhos acadêmicos: metodologia e apresentação gráfica, que se encontra esgotada. Possui capítulos de livros publicados, além de artigos científicos publicados em periódicos científicos relevantes, tanto no mundo real quanto no mundo virtual.

É criadora do Centro de Pesquisa Jurídica Sílvia Mota, que desde 2002 exibe vasto repertório científico-jurídico, relevante para fundamentar inúmeros temas na área do Direito e em outras áreas do conhecimento. A interdisciplinariedade é a singularidade do referido centro de pesquisa. Há 10 anos seu material didático para formulação de Projetos de Pesquisa e Monografias Científicas é referenciado por diversas universidades. Em 2000 oferece graciosamente à UNESA, o conteúdo de um Caderno de Pesquisa para a disciplina Metodologia dos Estudos Universitários. À mesma época, o material didático publicado na Internet passa a ser referencial aos alunos da UNESA e UVA, na construção dos seus TCCs. Em 2001 é convocada a criar o Manual de Monografia do Curso de Direito da UERJ.

Entre os trabalhos profissionais oferecidos, realiza levantamento de todo o material bibliográfico e documental necessário ao bom desenvolvimento do trabalho científico, facilitando o trabalho dos profissionais que não possuem tempo suficiente para fazê-lo. Estrutura pesquisas de campo de acordo com as necessidades sugeridas pelo tema.

Mantém em constante atualização a Enciclopédia Virtual de Bioética e Biodireito com verbetes, artigos, monografias e trechos da sua Dissertação de Mestrado e da sua Tese de Doutorado, ambas sobre o tema. Os trabalhos publicados têm sido referenciados por autores de renome na área jurídica. Escreveu cerca de 30 apostilas didáticas sobre temas jurídicos, que destacam: legislação, literatura jurídica dos mais renomados autores, jurisprudência sobre os temas desenvolvidos e direito comparado, nos momentos em que se faz necessário. Por apresentarem o diferencial de rica pesquisa suas apostilas são adquiridas por professores de cursos jurídicos, que as utilizam como norteadoras das suas aulas. Atua no desenvolvimento de banco de questões jurídicas.

Personal writer na área do direito

Atua há 15 anos especificamente na orientação de Projetos de Pesquisa e Monografias para Cursos de Graduação e Pós-Graduação, em diversas áreas do conhecimento, com ênfase no Direito. Destaca-se como personal writer de diversas autoridades no mundo jurídico, contribuindo para seu ingresso em em cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu do país. O acompanhamento se faz em parceria com o autor e abarca a escolha do tema, problematização, levantamento bibliográfico e coleta de dados, análise dos dados, formulação dos resumos, escrita provisória/final e revisão do texto de acordo com as regras vigentes da ABNT.

Personal writer na área literária

Aos 14 anos destaca-se na criação de poemas que traduzem as histórias de amor vividas por suas amiguinhas. Escuta-as, emociona-se e poetiza-as. A partir dos 16 anos publica seus escritos no jornal da pequena cidade onde nasceu, arrebata prêmios em literatura e sobe aos palcos a declamar poemas e a executar ao seu acordeon músicas da sua própria autoria. A partir de 1985 acompanha profissionalmente os autores na realização das suas obras poéticas, imprimindo-lhes o toque final, sem jamais alterar-lhes a essência.






1 PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS

1.1 LIVRO PUBLICADO 2006 MOTA, Sílvia. Trabalhos acadêmicos: metodologia e apresentação gráfica. Rio de Janeiro, 2006. 111 p.

1.2 COORDENAÇÃO DE OBRAS 2008 CORRÊA, Eduardo Assaf; MOTA, Sílvia M. L. (Coord.). Doenças pulmonares: uma visão multidisciplinar orientada por fisioterapeutas. Rio de Janeiro: Brunner, 2008. 184 p.

1.3 CAPÍTULOS DE LIVROS

2008 MOTA, Sílvia M. L. O fisioterapeuta sob a visão da bioética. In: CORRÊA, Eduardo Assaf; MOTA, Sílvia M. L. (Coord.). Doenças pulmonares: uma visão multidisciplinar orientada por fisioterapeutas. Rio de Janeiro: Brunner, 2008. 184 p.

2005 MOTA, Sílvia. Testemunhas de Jeová e as transfusões de sangue: tradução ético-jurídica. In: GUERRA, Arthur Magno Silva e (Coord.). Biodireito e bioética: uma introdução crítica. Rio de Janeiro: América Jurídica, 2005. p. 347-379.

1.4 PUBLICAÇÕES EM PERIÓDICOS CIENTÍFICOS

2003 MOTA, Sílvia. O biodireito como novo ramo do direito civil. Dissertar: revista da associação de docentes da Estácio de Sá, Rio de Janeiro, ano 2, n. 4, p. 49-51, jan./jul. 2003. ISSN 1676-0867.

2003 MOTA, Sílvia. O ensino jurídico: algumas reflexões. Jornal da Adesa: associação de docentes da Estácio de Sá, Rio de Janeiro, ano 2, n. 15, p. 3, ago. 2003.

1998 MOTA, Sílvia. Bioética e direito. Caderno Científico do Mestrado e Doutorado em Direito [da] Universidade Gama Filho, Rio de Janeiro, v. 6, n. 1, p. 185-195, ago. 1998.

1.5 SEMINÁRIOS ON-LINE

2010 Seminário Virtual Âmbito Jurídico Biodireito - período: 14 set. 2010 a 19 set. 2010. Tema: Princípio da Dignidade da Pessoa Humana e manipulações genéticas.

2010 Seminários On-Line. Seminário de Biodireito. UNIEDUCAR. Tema: Perda de chance no direito brasileiro: Implicações jurídicas nas relações médicas. Publicado em vídeo.

2009 Seminário Virtual Âmbito Jurídico Biodireito - período: 15 set. 2009. Tema: Perda de chance no direito brasileiro: Implicações jurídicas nas relações médicas.

1.6 ALGUMAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS NA INTERNET

2006-2009 Enciclopédia Virtual de Bioética e Biodireito. Em constante atualização.
2002-2009 Produção jurídica em exibição no Centro de Pesquisa Jurídica Sílvia Mota. Em constante atualização.
2009 Relativização da liberdade humana.
2009 Plágio poético.
2009 Investigações biomédicas com embriões humanos: paradigma do utilitarismo ético?
2009 Educação ambiental: é preciso salvar o planeta Terra!
2005 Wrongful life e Wrongful birth.
2005 Princípio de justiça e direito no mundo contemporâneo.
2005 Princípio da Dignidade da Pessoa Humana.
2005 Determinismo genético e direito: igualdade, desigualdade genética e injustiça social.
2005 Análise jurisprudencial: transexualidade.
2005 Mas, afinal, quid ius? - Que coisa é o Direito?
2005 Método analógico.
2003 A perda de chance no direito brasileiro: implicações jurídicas nas relações médicas.
2003 O biodireito como novo ramo do direito.
2002 Ensino jurídico: algumas reflexões.
1999 Projeto Genoma Humano.
1999 Engenharia genética.
1999 Origens do novo saber
1999 Princípios da bioética.
1999 Bioética: a nova disciplina.
1999 O que é a vida humana?
1996 Verbete: biodireito.

1.7 APOSTILAS JURÍDICAS

Apostila - Bioética e Biodireito
Apostila - Direito Ambiental
Apostila - Direito Civil I: Teoria Geral
Apostila - Direito Civil II: Obrigações
Apostila - Direito Civil III: Contratos
Apostila - Direito Civil IV: Direito das coisas
Apostila - Direito Civil V: Direito de Família
Apostila - Direito Civil VI: Direito das Sucessões
Apostila - Direito Civil VII: Responsabilidade Civil
Apostila - Direito Civil: direito de superfície e direito das servidões
Apostila - Direito do Trabalho-I
Apostila - Direito do Trabalho-II
Apostila - Direito Internacional Público
Apostila - Direito Processual do Trabalho-I
Apostila - Direito Processual do Trabalho-II
Apostila - Ética Geral e Profissional
Apostila - Hermenêutica Jurídica
Apostila - Introdução ao Estudo do Direito-I
Apostila - Introdução ao Estudo do Direito-II
Apostila - Lei de Falência e Recuperação de Empresas
Apostila - Metodologia do Direito (UFRJ)
Apostila - Metodologia Jurídica
Apostila - Projeto de Pesquisa passo-a-passo
Apostila - Teoria Geral do Processo

1.8 MONOGRAFIAS APRESENTADAS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UGF - DOUTORADO

2005 Responsabilidade civil decorrente das manipulações genéticas: novo paradigma jurídico ao fulgor do biodireito. Tese (Doutorado em Justiça e Sociedade)–Universidade Gama Filho, Rio de Janeiro, 2005. Aprovada, por unanimidade, no Exame de Qualificação, realizado em 15 jun. 2005. Orientador: Professor Doutor Guilherme Calmon Nogueira da Gama. Membros da Banca Examinadora: Professor Doutor Ricardo Pereira Lira, Professor Doutor José Ribas Vieira e Professora Doutora Fernanda Duarte. Por motivos de força maior o Curso foi interrompido no mesmo ano em que se realizou o Exame de Qaulificação da Tese, não tendo sido a mesma levada à apreciação da Banca Final.
2004 Vida humana e manipulações genéticas à luz do biodireito: proteção jurídica nacional e internacional. 28fls. Monografia de Conclusão da disciplina Justiça e Organismos Internacionais, do Curso de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho, ministrada pelo Prof. Dr. Celso D. de Albuquerque Mello.
2004 Liberdade do homem e genoma humano: conflitos surgidos pela possível restrição de direitos fundamentais. 88 fls. Monografia de Conclusão da disciplina Liberdades Públicas, do Curso de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho, ministrada pelo Prof. Dr. Mauro Dias.
2002 Os interesses na Justiça do Trabalho: formas e soluções de conflitos. 127 fls. Monografia de Conclusão da disciplina Tópicos de Direito Público: Direito Processual do Trabalho, do Curso de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho, ministrada pela Profª Dr.ª Zoraide Amaral de Souza.
2001 Princípios constitucionais e direito fundamental à saúde. 99 fls. Monografia de Conclusão da disciplina Teoria Geral do Direito, do Curso de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho, ministrada pela Profª Dr.ª Margarida Maria Lacombe Camargo.
2001 A irreversibilidade do provimento na tutela aos direitos fundamentais. 75 fls. Monografia de conclusão da disciplina Tópicos de Direito Processual Civil, do Curso de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho, ministrada pelo Prof. Dr. Leonardo Greco.
2001 Validade das críticas a John Rawls a partir das modificações explicitadas em seu Liberalismo Político. 50 fls. Monografia de conclusão da disciplina Teoria da Justiça, do Curso de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho, ministrada pelo Prof. Dr. Ubiratan Borges de Macedo.

1.9 MONOGRAFIAS APRESENTADAS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UERJ - MESTRADO

1999 Da bioética ao biodireito: a tutela da vida no âmbito do direito civil. 1999. 308 f. Dissertação (Mestrado em Direito Civil)–Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1999. Não publicada. [Aprovada com distinção].
1997 Da bioética ao biodireito. 60 p. Monografia de conclusão da disciplina Direito Civil na Constituição, do Curso de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pela Profa Dr.ª Maria Celina Boudin de Moraes. [Conceito: A].
1996 Manipulações genéticas e responsabilidade civil objetiva. 103 p. Monografia de conclusão da disciplina Teoria Geral do Direito Civil II, do Curso de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pelo Prof. Dr. João Baptista Villela. [Conceito: A].
1996 O direito da mulher casada: evolução no último século (1891-1996): legislação, doutrina e jurisprudência. 8 v. Relatório de conclusão da disciplina Grupo de Pesquisa Institucional n. 4, do Curso de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pelo Prof. Dr. Jacob Dolinger. [Conceito: A, com louvor].
1996 Tutela antecipada. 44 p. Monografia de conclusão da disciplina Acesso à Justiça e Tutela dos Direitos, do Curso de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pelo Prof. Dr. Luiz Fux. [Conceito: A].
1996 Pessoa jurídica: teoria da representação ou teoria do órgão? 64 p. Monografia de conclusão da disciplina Tópicos Especiais de Direito Privado, do Curso de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pelo Prof. Dr. José de Oliveira Ascensão. [Conceito: B].
1996 Relação jurídica familiar. 72 p. Monografia de conclusão da disciplina Teoria Geral do Direito Civil I, do Curso de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, ministrada pelo Prof. Dr. Ricardo Lira. [Conceito: B].

12.10 MONOGRAFIAS APRESENTADAS À FACULDADE DE DIREITO CÂNDIDO MENDES – IPANEMA - GRADUAÇÃO

1995 Da bioética ao biodireito. 460 p. Monografia de Conclusão do Curso de Direito apresentada às Faculdades Integradas Cândido Mendes – Ipanema como requisito para obtenção do grau de Bacharel em Direito. Orientador: Prof. Dr. Vicente de Paulo Barretto. [Nota: dez].
1995 A sistemática dos recursos com as modificações do código de processo civil. 88 p. Monografia apresentada à disciplina de Processo Civil II, nas Faculdades Integradas Cândido Mendes – Ipanema.
1994 O problema do menor abandonado. 40 p. Trabalho apresentado em Seminário referente à disciplina de Análise Econômica e Social do Rio de Janeiro, nas Faculdades Integradas Cândido Mendes – Ipanema.

2 LITERATURA

2.1 Participação em Antologias e publicações em jornais

MOTA, Sílvia et al. GOMES, Goulart (Org.) Antologia Poetrix 4: Terra. São Paulo: Scortecci, 2010. Lançamento na Bienal dos Livros de São Paulo, agosto 2010.
MOTA, Sílvia et al. Show de talentos em prosa e verso. São Paulo: REBRA & Grupo Scortecci, 2010. Sonetos alexandrinos. p. 234-236. Lançamento na Bienal dos Livros de São Paulo, agosto 2010.
MOTA, Sílvia. Sonetos alexandrinos. In: STABILE, Sandra (Coord.). Antologia poética: mãos que falam. Salvador: Projeto Alma Brasileira, 2010.
MOTA, Sílvia. Arrogância intelectual e inveja poética. In: ANTOLOGIA de contos: festa surpresa. Porto Seguro: Secretaria Municipal de Educação de Porto Seguro, 2009. Lançamento na Bienal dos Livros de São Paulo, agosto 2010.
MOTA, Sílvia. Haikai e trova. In: PÃO & POESIA: em qualquer esquina, em qualquer padaria. Embalagens distribuídas à população. 2009.
MOTA, Sílvia. Perfídia. In: MOTA Sílvia et al. Livro de ouro da poesia brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Câmara Brasileira de Jovens Escritores, 2006. Série 25.
MOTA, Sílvia. Eu e você: lua e sol. In: MOTA, Sílvia et al. Antologia de poetas brasileiros contemporâneos. Rio de Janeiro: Câmara Brasileira de Jovens Escritores, 2006.
MOTA, Sílvia. O hibernar do romântico. Jornal de Piquete, Piquete. 1967.
MOTA, Sílvia. Através da vidraça. Jornal de Piquete, Piquete. 1966.

Eu, no Mundo Virtual:

Curriculum Vitae et Studiorum
Centro de Pesquisa Jurídica Sílvia Mota
Site do Escritor no Recanto das Letras
Blogs Poeta e Escritora do Amor e da Paz

Blog Heterônimo Edmilson dos Santos
Blog Heterônimo Flávio Rangel
Blog Heterônimo Flor da Madrugada
Blog Heterônimo Nefertiti Simaika

Blog Biopoesia
Blog Reflexões Poéticas
Blog Nua em Teus Braços
Blog Poemas Adolescentes
Blog Sonetos
Blog Acrósticos
Blog Poesia concreta
Blog Poemas Palíndromos
Blog Poetrix
Blog Letrix
Blog Haikais
Blog Fibhaikus
Blog Tankas
Blog Indrisos
Blog Limeriques
Blog Tautologias
Blog Trovas
Blog Literatura de Cordel
Blog Contos e Contos Sensuais
Blog Microcontos
Blog Epígrafes
Blog Tisanas
Blog Triolé
Blog Crônicas
Blog Fábulas e Fantasia
Blog CENPESJUR
Blog Belas Artes Belas
Blog Publicações

Grupos Culturais e Intelectos

Poetas Del Mundo
Membro Efetivo da Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores (AVSPE)
Escritora da Rede de Escritoras Brasileiras (REBRA)
Membro Efetivo da Academia Virtual Brasileira de Letras (AVBL)

Fundo Musical: Oblivion of Violinist



Blog de Sílvia Mota

Delírio

Postado em 2 outubro 2010 às 12:00 0 Comentários







Delírio




Queres sentir o balanço

gostoso e irreprimível

do meu corpo na hora do prazer.

Queres saber se meu ritmo

caberá nas tuas pautas musicais

e ouvir o ranger da cama,

o gemido da minha boca,

o barulho do meu orgasmo...

Queres ouvir os meus sussurros

e as minhas lamentações.

Queres sentir meu corpo estalar

e rebolar…
Continuar

Mutatis mutandis - [Rondel]

Postado em 2 outubro 2010 às 12:00 0 Comentários



Mutatis mutandis



Um instante de amor que vale um sonho

realiza-se na espera desejada.

Este sonho de amor que em mim componho

noite a dentro refaço embriagada.



Não mais sei se sou luz ou madrugada,

riso quente de amor em ser bisonho.

Um instante de amor que vale um sonho

realiza-se na espera desejada.



Ouço tankas de amor e a mim…
Continuar

Uma lembrança de Maurício Tapajós

Postado em 16 setembro 2010 às 11:15 0 Comentários

Grávida de sete meses, a caminho do escritório.

Que óculos são estes?

Oras, última moda, à época!... rs





Uma lembrança de Maurício Tapajós




Em agosto de 1980 descobri-me grávida de quase três meses. Marido e eu, desempregados. O jeito foi arranjar um emprego, às pressas, por obra e graça da minha cunhada que trabalhava na FUNARTE e conhecia diversos artistas. Amiga de Maurício Tapajós,… Continuar

Desisti de ser mulher (Soneto Alexandrino Sensual)

Postado em 16 setembro 2010 às 11:00 0 Comentários

Ilustração: Arte a partir de foto pessoal.





Desisti de ser mulher



Destruo-me feroz e folha branca ao léu

desfaço-me da inércia, anônima nociva.

Em traje rico falso, estéril e lasciva,

ofendo à natureza e me ofereço ao céu.



Qual flor ferida ao mel e sem meu branco véu

defloro-me integral na lágrima cativa.

À chuva amargurada elevo a tez altiva,

corrompo-me…
Continuar

Caixa de Recados (4 comentários)

Você precisa ser um membro de Clube Caiubi de Compositores para adicionar comentários!

Entrar em Clube Caiubi de Compositores

Às 15:55 em 6 novembro 2010, LUIZ ALBERTO MACHADO disse...
Olá, pessoamiga, uma visita para conferir seu espaço. Enquanto isso, convido você para conhecer o meu projeto Arte Cidadã acessando http://www.youtube.com/luizalbertomachado e curtir a webrádio Tatartaritatá com as novidades na Agenda da minha nova home page abaixo.
Aguardo sua visita e comentários, viu?
Beijabrações e um maravilhoso final de semana procê!!!
www.luizalbertomachado.com.br
Às 19:19 em 20 setembro 2010, Monsyerrá Batista disse...
Benvinda ao Caiubi Silvia Mota!!!

Meu nome é Monsyerrá, sou um artista das
montanhas de Minas. Estou curtindo seu belo trabalho, belos e criativos poemas em sua página...muito bacana. Gostaria de pedir pra conhecer também meu cantim aqui no clube e me adicione como amigo e assim, podermos trocar figurinhas poéticas e musicais. Lancei lá no player, minhas novas músicas"Pensei no Que Você Me Falou" e "Garota Trilheira", gostaria de saber sua opinião, faz parte de um projeto que desenvolvo e é importante sua opinião.

Valeu amiga!!!

Abraços e que o Divino Mestre nos ilumine a todos! Vamos juntos!
Às 8:47 em 16 setembro 2010, Cesar Carvalho disse...
Sílvia Mota, seja muito bem vinda!!! Cesar Carvalho.
Às 9:24 em 14 setembro 2010, Álvaro Cueva disse...
Bem vinda, moça! bjk;

Álvaro
 
 
 

© 2014   Criado por Sonekka.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Offline

Vídeo ao vivo